A possibilidade de haver furacões é sempre uma preocupação na hora de planejar a viagem ao Caribe. Para te ajudar a programar suas férias, reunimos informações importantes sobre a previsão para a temporada deste ano.

A temporada de furacões no Oceano Atlântico começa oficialmente no dia 1º de junho e vai até 30 de novembro, sendo que a média das maiores atividades ocorrem entre agosto e outubro, especialmente em setembro.

A NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration), órgão do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos, já divulgou a previsão da temporada de furacões para a região e a expectativa para 2018 é que ficará dentro ou acima da média, tendo de cinco a nove furacões, dos quais até quatro podem ser de categoria maior.

Segundo a previsão da agência, a chance de a quantidade de tempestades tropicais ficar perto do normal é de 40%, 35% de ser acima e 25% abaixo da média geral dentro da temporada. A previsão também indica a formação de 10 a 16 tempestades tropicais e 75% de chances de ser “perto ou mais ativa que o normal”.

Para a NOAA, uma temporada considerada normal tem, em média, 12 tempestades tropicais, das quais seis se transformam em furacões e três alcançam categorias superiores (a partir de 3 na escala de intensidade de Saffir-Simpson), com ventos de mais de 111 milhas por hora (178Km/h).

Uma das razões para esta análise, é que o fenômeno El Niño deverá estar mais fraco, o que afeta a temperatura da água, favorecendo a formação de furacões. Porém, se esta condição mudar, as previsões serão atualizadas.

Não são todas as tempestades que chegam a se transformar em furacões. Segundo os meteorologistas, há 70% de probabilidade que sejam formadas de 10 a 16 tempestades nomeadas, que são aquelas com ventos de 67 até 118km/h. Neste estágio, elas ainda não são consideradas furacões.

Além disso, nem todas essas tempestades ou furacões necessariamente chegam perto dos países que estão em seu caminho. Grande parte permanece no oceano por semanas e desaparecerem sem afetar a vida das pessoas.

Ilha Klein Curaçao

Estatisticamente falando, as chances de ser atingido por um furacão durante uma viagem ao Caribe são muito baixas. Segundo a Hurricane Research Division, se você visitar Porto Rico (um dos lugares mais afetados) no mês de setembro (historicamente o mês mais afetado por furacões), a chance de ser diretamente atingido por um furacão ficando na ilha o mês inteiro é de 8%. Se você viaja a Porto Rico durante uma semana do mês de setembro, a chance de ser atingido é de apenas 2%! (Fonte Melhores Destinos)

Quais os países MENOS atingidos por furacões no Caribe?

Segundo o site Hurricanes City, as ilhas na porção sul do Caribe raramente são afetadas por furacões. Entre eles estão Aruba, Bonaire, Curaçao, San Andrés (Colômbia), Grenada, Trinidad e Tobago e a costa de países como Venezuela e Colômbia. As ilhas no oeste do Caribe também tendem a ser menos afetadas do que as ilhas no lado leste.

Veja nossas dicas sobre esses destinos

Aruba

Curaçao

San Andrés

Alertas antecipados

O National Hurricane Center possui avançada tecnologia que conta com ferramentas de observação, previsão e comunicação para detectar a formação de tempestades tropicais e furacões com pelo menos duas semanas de antecedência.

Diferentemente de outras catástrofes que não são detectadas com tempo suficiente para evitar maiores tragédias – como terremotos, por exemplo -, os furacões são monitorados. Isso possibilita que moradores e visitantes possam se preparar antes que eventuais impactos atinjam determinados locais ou até mesmo coordenar uma evacuação, se necessário.

Aproveite e faça a cotação do seu seguro viagem aqui.

E afinal? Vale a pena ir para o Caribe na temporada de furacões?

A resposta é sim, vale a pena! Além dos preços estarem mais em conta, a possibilidade de um furacão atingir o local que você estiver é muito baixa. Além disso, cerca de 10 dias antes da viagem já é possível saber se haverá probabilidade de um furacão chegar próximo à Costa. Esta previsão proporciona um tempo de preparação para remanejamento da viagem.

Um fator importante a ser levado em consideração, é que os meses da temporada de furacões costumam ser os mais chuvosos, mas isso não significa necessariamente que você não possa aproveitar dias ensolarados no Caribe!

Boa Viagem!

Anúncios

Deixe uma resposta